30 de dez de 2010

Waldir Maranhão é um dos três deputados mais citados na grande rede

Análise Politike, realizada no período de 01 de janeiro a 28 de dezembro, releva a repercussão na web de três dos deputados eleitos no estado do Maranhão: Luciano Moreira (PMDB), Pedro Fernandes (PTB) e Waldir Maranhão (PP). 


Pedro Fernandes lidera em número de menções, aparecendo com 768 citações gerais na internet. Logo em seguida, está Luciano Moreira, com um total de 734 menções. Waldir Maranhão, em terceiro, obteve 549 citações. 


Nota: A análise foi feita com ferramentas exclusivas Politike.


Fonte: site Politike

23 de dez de 2010

É tempo de agradecer! Feliz Natal e Próspero 2011



É tempo de renovar nossas esperanças. De pensar No futuro. 
De Olhar as coisas com outros olhares. De entender e praticar o bem.
 Assim como sugere o ano do Coelho no Horóscopo Chinês,
ficaremos atentos à nossa volta,seremos mais responsáveis, 
reforçaremos ideias ou seguiremos com calma nas metas empenhadas no passado. 
No Natal, agradecemos a Deus. No Ano Novo, clamamos pela bem-aventurança para os nossos planos, 
pela saúde de nossa família. Abraçamos quem amamos, pois só o amor constrói.

9 de dez de 2010

Nota sobre prestação contas ao TRE

Recebi com enorme surpresa a não-aprovação de minhas contas pelo Tribunal Regional Eleitoral, vez que, ao
que me consta, todos os gastos e arrecadações cumpriram rigorosamente as exigências da legislação em vigor. Se algum esclarecimento meu não chegou a tempo nessa fase do julgamento, até porque não fui notificado, será
aduzido aos autos agora em grau de recurso. Encontrome sereno quanto ao cumprimento de minhas obrigações
como candidato,motivo pelo qual estou confiante num desfecho satisfatório após o TRE ter os esclarecimentos
que iremos apresentar ao processo.

São Luís, 08 de dezembro de 2010

Waldir Maranhão
Deputado Federal

7 de dez de 2010

Peixada maranhense no encontro de confraternização do PP


Confraternização natalina – Continuam muito ácidas as relações entre a liderança de bancada e os deputados federais do Partido Progressista. A intifada contra o líder João Pizzolatti (SC) e o deputado Mário Negromonte (BA) não é notícia recente, mas ficou ainda mais quente com as articulações em torno da manutenção do Ministério das Cidades para o partido.
Pizzolatti e Negromonte têm negociado sozinhos com a presidente eleita Dilma Rousseff, o que deixou os colegas legenda extremamente desconfiados. Negromonte quer substituir Márcio Fortes. O presidente da executiva nacional, senador Francisco Dornelles (RJ), afirmou que delegou as negociações para os dois deputados, mas para Dilma deixou claro que a futura presidente poderia indicar qualquer ministério para o PP. A petista eleita, no entanto, orientada pelo presidente-metalúrgico Lula da Silva, espera que aconteça um entendimento na bancada federal.
Com 41 deputados, os progressistas podem ser o fiel da balança em votações polêmicas. Para diminuir o clima pesado entre os colegas, o deputado federal Waldir Maranhão (MA) organiza um jantar de confraternização para esta quarta-feira (08) em seu apartamento funcional. Será o último encontro do ano dos progressistas em clima natalino.
O cardápio à base de uma peixada maranhense, preparada por cozinheiro vindo especialmente para organizar o rega-bofe político, poderá ajudar na busca de um entendimento. É com esse espírito que mais da metade dos deputados do PP confirmou presença, o que também aconteceu com boa parte dos eleitos em outubro passado. Waldir Maranhão é um parlamentar habilidoso, que levou para a seara política a experiência adquirida durante os longos anos em que atuou como professor e reitor universitário. É esperar para ver!
Fonte: site ucho.info

29 de nov de 2010

Em nome do entendimento para o Maranhão

Quando imaginamos que a política chegou no fundo do poço e nada mais poderá acontecer para reverter o desanimador status quo, que faz com que o Brasil continue andando de lado rumo ao futuro, eis que surge alguém com a incrível capacidade de reunir inimigos políticos figadais. Foi o que aconteceu nesta semana, em Brasília, durante encontro da bancada parlamentar do Maranhão.
 
Ex-reitor da Universidade Estadual do Maranhão, ex-secretário de Ciência e Tecnologia e eleito pelo PP para seu segundo mandato como deputado federal, Waldir Maranhão juntou em seu apartamento funcional, em torno da mesma mesa, ninguém menos que Sarney Filho (PV), também conhecido como Zequinha, e o petista Domingos Dutra, um crítico ácido e contumaz do clã Sarney, que comanda a política local há cinco décadas. Antes do coronelato capitaneado pelo presidente do Senado Federal, José Sarney, o Maranhão, que continua na condição de mais pobre estado brasileiro, teve como chefão político ninguém menos que Vitorino Freire, que ostentava modus operandi semelhante.

O encontro ocorrido em Brasília contou com os olhos atentos de outro maranhense conhecido no mundo da política, o ex-deputado Haroldo Sabóia, dono de verve crítica e que pode ressurgir em cena a bordo de novos projetos políticos com foco nas próximas eleições. Mas um detalhe interessante, que muitos desconhecem, passou despercebido no encontro de parlamentares maranhenses. Waldir Maranhão é médico veterinário, o que por certo lhe confere condições de sobra para reunir cobras e lagartos, sem que ninguém pague o pato ou engula sapos. Ponto para Waldir Maranhão, pois a terra do arroz de cuxá precisa de doses extras de bom senso e projetos consistentes que tirem os maranhenses da miserabilidade letárgica.

Fonte: site ucho.info