29 de out de 2010

Vitorioso nas urnas, Maranhão quer preparar os brasileiros para o futuro

Enquanto integrantes dos partidos que engrossam a aliança em torno da candidata Dilma Rousseff se engalfinham nos bastidores em busca de cargos, principalmente nos primeiro e segundo escalões de um eventual governo petista, alguns políticos preferem se dedicar ao desenvolvimento de propostas visando o futuro do Brasil, que precisa sair do discurso eleitoral para a realidade do futuro.


Entre os assuntos que o próximo presidente da República terá de dar prioridade, a melhoria da educação e o incentivo à ciência e tecnologia são os mais prementes, caso o Brasil queira competir em igualdade de condições com os chamados países emergentes. Sem contar as garantias básicas previstas na Constituição Federal, como transporte público, saúde e segurança pública.
Se no primeiro turno das eleições o Partido Progressista optou pela neutralidade em termos de apoio efetivo aos presidenciáveis, agora a legenda começa a se movimentar em busca de propostas concretas para o novo presidente. Um dos nomes de destaque do PP na área de educação, ciência e tecnologia é o do deputado federal Waldir Maranhão (MA), que nas urnas do último dia 3 de outubro conquistou o seu segundo mandato. Ex-reitor da Universidade Estadual do Maranhão e ex-secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Waldir Maranhão é um especialista em ensino à distância, tema que pode acelerar o processo educacional brasileiro e proporcionar a melhoria do setor em todo o território.

27 de out de 2010

Vamos ter mais dez Cetecmas

A Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sectec) deve investir nos próximos anos aproximadamente R$ 45 milhões na duplicação do número de Centros de Capacitação Tecnológica do Maranhão (Cetecmas). Já existem 10 Cetecmas implantados no estado e mais 10 sendo planejados. Três deles, Balsas, Rosário e Porto Franco, serão licitados até o fim do ano. Somente nestes três últimos, serão aplicados aproximadamente R$ 10 milhões, com recursos de uma parceria entre o Governo do Estado e o Ministério da Educação (MEC).

A expectativa é dobrar o número de pessoas qualificadas pelos Cetecmas nos próximos anos. Com os 10 pólos já implantados, pelo menos 250 mil pessoas devem ser qualificar até o fim do ano. Esses investimentos em novos centros tecnológicos serão importantes para preparar a mão-de-obra local visando a empreendimentos de grande porte, como a Refinaria Premium, na cidade de Bacabeira, e a extração de gás na cidade de Capinzal do Norte.

Através dos Cetecmas estará atendendo, com os cursos tecnológicos de Química, Física, Biologia, Inclusão Digital, mais de 250 mil jovens maranhenses até o fim do ano. Na outra ponta desta espécie de “força-tarefa” para a qualificação profissional dos jovens maranhenses, o Governo do Estado também tem implantado pontos de interatividade para facilitar o acesso ao ensino, principalmente médio, às zonas mais remotas do estado.